Verdades e mentiras sobre a gestação sub-rogada


O ministério de propaganda nazi Joseph Goebbles, dizia que “uma mentira repetida adequadamente mil vezes, se transforma em uma verdade”. No mundo da gestação sub-rogada, sucede habitualmente, que as agências em uma competência injusta ou nas instancias, repetem mentiras tantas vezes, que finalmente podem parecer uma verdade. Mas uma mentira, sempre será uma mentira. Por isso, procedemos a esclarecer alguns boatos comuns, que te ajudarão a compreender melhor o procedimento.

ACREDITAMVERDADEIRO/ FALSOOBSERVAÇOES GESTLIFE
Somente os procedimentos nos USA oferecem garantias legais.FALSOPaíses como GRECIA, RUSSIA ou UCRANIA, são igual de confiáveis que os estados de USA, onde se realizam os procedimentos. As agências americanas, tendem a considerar os outros destinos, como método desleal para poder competir, tendo em consideração que os preços em USA, são bem mais superior ao dos outros países.
As mães nos outros países são exploradas.FALSOUCRANIA, GRECIA e RUSSIA, tem uma legislação de muitos anos, que cuida das mães sub-rogadas. Nenhum país está livre de que alguma agencia realize praticas imorais ou ilegais, desrespeitando os direitos das mães. Para isso está GESTLIFE, para assegurar através dos suas próprias agencias as condições de vida das mães. A maioria dos procedimentos de GESTLIFE, são realizados com mães selecionadas por GESTLIFE, garantindo as condições de vida das mesmas.
Em Grécia não se pode registrar as crianças que nascem por gestação sub-rogada.FALSOO Consulado de ----------, assim como a Direccion General de Registros e notariado, garantiram a inscrição das crianças nascidas em Grécia ao nome dos pais comitentes. Agencias com interesses próprios, se dedicam regularmente em instancias, a espalhar falsas informações para evitar que os pais compareçam a esse destino, que se tornou uma grande competência para as agências americanas, ao oferecer como em USA, uma sentencia judicial a nome dos pais comitentes.
Os procedimentos a preço pactuado, são um fraude.FALSOAs agências que cobram procedimentos a preço aberto (se sabe quanto custa a princípio, mas dificilmente quanto custará ao final) não tem outro argumento. Pagar um preço pactuado, sempre é melhor que um preço aberto, já que pode ir aumentando até prejudicar nossa economia.
Um procedimento de gestação é um procedimento pouco complicado, que eu mesmo posso administrar.FALSOUm procedimento de gestação sub-rogada é muito complicado. Se misturam as legislações contraditórias de dois países, entraves burocráticos das administrações dos países de destino que não aceitam estas técnicas, um procedimento médico difícil e a estadia em países desconhecidos, como outro idioma. Se você contrata um advogado para uma simples consulta laboral, pensa de verdade administrar um procedimento tão complicado? Podem ser vítimas de enganos, fraudes e roubos por pessoas que estão à espera de pais desesperados sem um assessoramento eficaz.
É melhor contratar as agencias diretamente nos países de destino. Economizas nos intermediários.FALSOAlguns pais, pensando em economizar dinheiro, recorrem diretamente a uma agencia em um país estrangeiro. Mas se esquecem que a agencia somente se ocupará do procedimento médico, e não de toda a parte legal com o Consulado. Além do mais, você deverá se encarregar de dar seguimento a todo o procedimento. É preciso ser corajoso e ousado.
É melhor contratar uma agencia pequena. O trato é mais personalizado.FALSOAs pequenas “empresas” saem de debaixo das pedras (gambiarra), que ao finalizar um procedimento pessoal de gestação sub-rogada, pensam que vão recuperar todo o dinheiro gasto, vendendo procedimentos de gestação sub-rogada. São boas intenções, mas nenhuma estrutura no pais de destino, nem o conhecimento legal, podem atribuir ao todo de um procedimento, no momento que surgem os problemas (e surgem habitualmente).
Não é necessário o acompanhamento.FALSOEstarás em um país desconhecido, com costumes desconhecidas, e hábitos legais desconhecidos. Ainda que você tenha viajado por meio mundo, nesse caso, não estarás fazendo turismo. Você está realizando um procedimento médico-legal muito complicado, e ir acompanhado de quem o realiza cada dia, é imprescindível.
Realiza-lo com GESTLIFE é muito mais caro e existem outras agencias que oferecem o mesmo por muito menos.FALSOGESTLIFE somente realiza procedimento de PRIMEIRA CLASSE, para pais que não querem problemas. Para isso, é imprescindível contar com funcionários multilíngue adequado, escritórios próprios e oferecer toda uma variedade de serviços (que as agências não oferecem) e que garantissem o êxito. E o êxito, ter um filho, não tem preço. Especialmente quando surgem os problemas. É como levar todo os riscos ou

Desejo receber mais informação sobre os procedimentos da gestação sub-rogada

Mais informação